Prefeitura Municipal de Espírito Santo do Pinhal - SP - Av. Washington Luis 50 - Jardim das Rosas - 19 3651 9699

Semana de Mobilização para recolhimento de pneus

Está acontecendo em Pinhal a Semana de mobilização para o recolhimento de pneus. O objetivo é eliminar criadouros do mosquito Aedes aegypti. Entregue os pneus que estão sem uso no Departamento de Agricultura e Meio Ambiente, localizado na Avenida 9 de Julho, ao lado do poliesportivo central. 

Um caminhão da prefeitura também será disponibilizado para coletar os descartes nas borracharias da cidade. Após o término de recebimento, serão levados para o “ecoponto fixo”, que fica no bairro Morro Azul (próximo ao Colégio Agrícola). 

Faça a sua parte! Sem pneu, sem mosquito!

Departamento de Agricultura e Meio Ambiente realiza manutenção de estradas vicinais e rurais

O Departamento de Agricultura e Meio ambiente tem realizado, recentemente, a limpeza e manutenção da estrada vicinal do Bairro do Areião. Devido às fortes chuvas, um processo erosivo começou em vários lugares do bairro. Foram carregados, aproximadamente, 10 caminhões de terra e lama, no leito carroçável e margens da vicinal. Os servidores estão realizando a limpeza, nesse primeiro momento, para depois tapar os buracos. O trabalho se estenderá por demais áreas do município e uma atenção especial será dada na zona rural, tão logo as chuvas derem uma pausa. “Vamos dar uma atenção especial para as estradas rurais do nosso município, fazer a manutenção de forma mais periódica, e também resolver as questões dos buracos nas ruas da cidade, ainda neste primeiro trimestre”, comentou o Prefeito. 

Na sexta-feira (02), o trabalho foi realizado na Estrada São Joaquim, popularmente conhecida como “Estrada da Paineirinha”. “Não estamos realizando o trabalho na estrada toda, nesse primeiro momento, apenas nos pontos mais críticos, pois ainda há previsão de chuvas. Tão logo elas cessem, vamos realizar manutenções de forma geral”, enfatizou o Diretor de Agricultura e Meio Ambiente, Euzebio Beli. 

 

 

 

Espírito Santo do Pinhal ingressará no Plano Conservador da Mantiqueira

Na última semana, a Prefeitura de Espírito Santo do Pinhal, através do Departamento de Agricultura, esteve representada na cidade de Extrema para conhecer mais sobre o Projeto Conservador das Águas que prevê a recuperação de mata ciliar.

A cidade agora faz parte do núcleo quatro do Plano Conservador da Mantiqueira, que engloba 16 municípios.

A proposta deste plano é utilizar o instrumento econômico de pagamento por serviços ambientais para promover a restauração florestal na adequação de propriedades rurais, com resultados expressivos na produção de serviços ambientais em especial a água.

Dentro deste projeto, os municípios envolvidos são responsáveis por dar o suporte com equipamentos e mão-de-obra para realizar as adequações, além de fazerem aprovar políticas públicas para a viabilização do projeto.

A Mantiqueira abriga nascentes de importantes rios que alimentam os reservatórios de Furnas/MG, para a produção de energia elétrica, e abastecem as maiores regiões metropolitanas do Brasil, São Paulo, Campinas e Rio de Janeiro. Serão mais de 250 municípios em uma área aproximada de 88.000 km2, equivalente à soma das áreas dos estados do Espírito Santo e Rio de Janeiro. Com potencial de restauração florestal de mais de 1.200.000 hectares, que representa 10% da meta assumida pelo Brasil na Conferência do Clima em Paris – COP 21 e da proposta do Plano Nacional de Recuperação da Vegetação Nativa – PLANAVEG.

O objeto principal do PLANO CONSERVADOR DA MANTIQUEIRA - PCM é promover a restauração florestal de espécies nativas da Mata Atlântica, em 1.200.000 hectares na área de influência da Serra da Mantiqueira nos mais de 200 municípios dos Estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro, utilizando a expertise do município de Extrema na execução do Projeto Conservador das Águas, primeira experiência brasileira de projeto de restauração florestal utilizando o mecanismo de PSA.

Os objetivos específicos deste plano consistem em:

a) Melhorar a capacidade de produção dos serviços ambientais, como a água, a conservação de solo, a biodiversidade, o seqüestro de carbono, a manutenção da paisagem.

b) Promover um plano regional com a participação de diversos agentes.

c) Melhorar a capacidade de resiliência dos municípios para enfrentar os danos causados pelas mudanças climáticas.

d) Fortalecer a governança ambiental nos municípios.

 e) Valorar os serviços ambientais produzidos em propriedades rurais e em unidades de conservação de proteção integral.

 

 

Lei de pagamento por serviços ambientais (PSA) é realidade em Espírito Santo do Pinhal

A Lei nº 4.169/2014, que institui o Programa de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) e autoriza a prefeitura a estabelecer convênios para executar pagamento aos provedores de serviços ambientais, foi sancionada e promulgada pelo prefeito municipal José Benedito de Oliveira,  no último dia 2 de dezembro de 2014.

 

O programa se consolida de maneira pioneira como uma importante política pública no âmbito da bacia hidrográfica do Rio Mogi Guaçu, em que o município de Espírito Santo do Pinhal está inserido. O provimento por pagamento de serviços ambientais, ou seja, a realização de transações voluntárias, caracterizadas como atividades desenvolvidas por um provedor de serviços ambientais, que são os serviços ecossistêmicos com impactos positivos além da área onde são gerados, e que conservam ou recuperam um serviço ambiental previamente definido, são remuneradas mediante  comprovação do atendimento de disposições contratadas de acordo com legislação vigente.

 

O diretor municipal do departamento de Agricultura e Meio Ambiente, Tiago Barbosa, avalia que esta lei vem em um momento importante, ressaltando: “Momento em que vivemos a maior crise de abastecimento de água de nosso estado e que, portanto, políticas públicas como a do PSA, só contribuem para o processo de educação ambiental e motivação à preservação e conservação de nossos ecossistemas”.

 

Tiago relata ainda estar participando da Câmara Técnica do Comitê de Bacias Hidrográficas do Rio Mogi Guaçu, bem como do Grupo de Trabalho Florestal, onde tem disseminado essa política de PSA.

 

Alguns serviços ambientais importantes tratam da conservação da biodiversidade, da preservação de nascentes e matas ciliares, do sequestro de carbono, entre outros.

Tem filme no ponto Mis

Amanhã, dia 23, acontece no Theatro Avenida mais uma exibição de filme do programa de circulação audiovisual "Pontos Mis" com entrada franca.

Venha prestigiar e traga toda a família! 

Mais informações pelo telefone 3651-6439.

Homenagem ás mães

Neste domingo (13), no coreto da Praça da Independência, às 10h30, a Banda Santa Cecília realizará uma homenagem às mães. Prestigie!

CIRCUITO CULTURAL PAULISTA - Circo de Dois

Vamos ao teatro? Quinta-feira (10) é dia de assistir ao espetáculo infantil Circo de Dois, da Cia. Pé de Chinelo, mais uma programação do Circuito Cultural Paulista.Os ingressos poderão ser retirados na bilheteria do Cine Theatro Avenida a partir das 13h de quinta-feira.

PONTO MIS

Neste dia 8, serão realizadas 3 sessões gratuitas do filme Colegas. Você não pode perder a história dos amigos Stalone, Aninha e Márcio, que viviam juntos em um instituto para portadores da síndrome de Down. Mais informações pelo telefone 3651-6439.